Quais documentos são necessários para viajar a América Latina?

Quais documentos são necessários para viajar a América Latina?

Algo que geralmente pode passar despercebido no planejamento das viagens é a burocracia de cada país. Graças ao acordo entre alguns países do Mercosul, os cidadãos podem circular entre os países portando apenas seu documento de identidade. No caso do Brasil, podemos circular apenas portando o RG ou CNH.

Os países que fazem parte do acordo do Mercosul são: Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

O visto em alguns desses países tem validade de 90 dias. Fique atento ao “dar baixa” na hora da sua saída, evitando assim dores de cabeça. Vale lembrar, também, que permanecer além desses 90 dias sem a renovação do visto pode resultar em penalidade legal, multa, prisão ou até deportação.

Mas atenção: Viajar com o seu próprio automóvel exige alguns documentos adicionais:

  • CNH (em território Brasileiro).
  • RG ou passaporte originais (Prazo de emissão de 10 anos)
  • CRLV do veículo no nome do condutor.
  • Seguro Carta Verde (Países do Mercosul).
  • Seguro SOAPEX (Somente para o Chile).
  • Dois triângulos e um kit de primeiro socorros.

Se o veículo não estiver no seu nome ou alienado a um banco, será necessário obter uma legalização. Essas informações você consegue no Ministério das Relações Exteriores em Brasília por correio.

O seguro Carta Verde você consegue diretamente com o corretor do seguro do seu veículo. É um documento criado junto ao Mercosul (Exceto o Chile) que cobre acidentes com terceiros (apenas para o terceiro). O que ninguém te conta: A carta verde precisa obrigatoriamente ser impressa em uma folha de papel verde.

Caso você vá para o Chile ou passar por ele no seu roteiro, você precisará do Seguro Soapex. Basta emitir no site https://www.soapex.com/pt-br/.

As passagens das fronteiras são bem tranquilas, leva um tempo até terminar todos os trâmites de documentação e as revistas da Argentina são um pouco mais detalhadas. Se você não estiver fazendo nada de errado, não terá problemas. O sentimento de “eu juro que não tem nada demais” sempre está presente nessas horas.

Pesquise sobre entrada de determinadas frutas, animais e remédios. Há países que não permitem a entrada ou saída de determinada fruta em seu país. 

Fique tranquilo, não desrespeite nenhum oficial ou funcionário do governo que tudo ficará bem.

 

Fez alguma viagem e passou por alguma situação estranha ou inusitada? Conte para a gente. Quanto mais informações todos nós tivermos, mais tranquilas serão nossas viagens 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *