Como fazer um check up antes de uma viagem

Como fazer um check up antes de uma viagem

Planejar uma viagem não é apenas pesquisar os pontos turísticos do seu destino. Planejamento envolve várias etapas que vão desde o meio de transporte a questões como higiene e alimentação.

Garantir que seu meio de transporte escolhido não lhe cause dores de cabeça, algumas medidas antes da viagem podem ser realizadas:

Revisão do Carro na concessionária ou retífica

Se o seu carro for mais recente deve estar com a garantia de fábrica. Isso exige que faça manutenções programadas diretamente com a sua concessionária. Seja a revisão de 10mil, 20mil ou mais KMs, eu recomendo que você se atente a isso pelo menos 1 mês antes da viagem. Isso porque em alguns casos você pode ter que esperar até 2 ou 3 semanas para conseguir um horário para a revisão.

Caso você não utilize da revisão em concessionária, você pode realizar a manutenção preventiva em uma mecânica e/ou retífica. Caso esteja com algum problema esporádico ou incomum, você também pode agendar um horário numa Auto Elétrica para um check up nas partes eletrônicas do carro.

Independente de onde for a revisão, você deverá solicitar para que confiram alguns itens que algumas vezes não contemplam na revisão:

  1. Balanceamento/Geometria;
  2. Estado dos pneus, inclusive do pneu estepe;
  3. Checagem de aquecimento do motor;
  4. Água do radiador e do borrifador dos limpa-vidros;
  5. Sistema de trava e alarme do carro;
  6. Quilometragem necessária para a troca do Óleo; (Confira a dica logo abaixo)
  7. Freios

Garantir que o óleo do seu motor dure até o fim da viagem garante menos dores de cabeça!

Conferir a quilometragem necessária para a troca de óleo é extremamente importante! Quando viajamos para o Deserto do Atacama, no Chile, havíamos planejado a viagem para rodar aproximadamente 7mil quilômetros (ida e volta). Garantimos que nosso óleo rodasse 10mil quilômetros e que não precisaríamos realizar uma troca durante a viagem.

Itens de segurança básica

Ter um kit de primeiros socorros traz mais tranquilidade na hora de um socorro. E não estou falando de acidentes sérios não. Um simples corte nas mãos ou pés já podem atrapalhar bastante a viagem. Ainda mais se o ferido for o motorista.

Se não puder ter um kit de primeiros socorros prontos (pois tem um custo considerável), recomendo que menos tenha antisséptico, algodão e gaze, esparadrapo e tesoura.

Outros itens podem não ser tão essenciais, mas continuam sendo importantes:

  • Curativo tipo Band-Aid
  • Termômetro
  • Colírio Lubrificante
  • Luvas
  • Papel Toalha
  • Gel e/ou pomadas para micoses, queimaduras e/ou dores musculares

E por último, medicamentos para dores de cabeça e dores musculares são indicados. Mas cuidado, além da auto-medicação ser extremamente perigosa, os comprimidos podem ser barrados em alfândegas e aeroportos.

O que ninguém te conta

Nenhuma viagem será 100% tranquila. Mas fazer um esforço antes de viajar vai trazer muito mais paz para seguir seu plano. Durante a nossa viagem, por mais planejada que ela tenha sido, aconteceram duas ou três coisas que poderiam ter dado um ponto final. Bastou que ficássemos calmos e deixássemos que as experiências que estávamos tendo fossem suficientes para mantermos no caminho.

Por fim…

Agora com o meio de transporte revisado, você já pode continuar o planejamento para a sua viagem incrível. Quer ver como fizemos uma viagem ao Deserto do Atacama num carro 1.0? Confira aqui.

Se joga no mundo, você merece!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *