Rio Grande do Sul
Viaduto Mula Preta, Ferrovia do Trigo no Rio Grande do Sul

Viaduto Mula Preta, Ferrovia do Trigo no Rio Grande do Sul

O Viaduto Mula Preta é um dos mais “temíveis” viadutos da região, ainda não sabe o motivo? Vem comigo que eu te conto o que ninguém te conta sobre o Mula Preta!

O Viaduto Mula Preta possui incríveis 98m de altura e uma curva de 360m de extensão. O motivo de ser o mais radical de todos, é que durante toda a sua extensão ele é completamente VAZADO! Imagina você estar a quase 100m do chão, olhar para baixo e só ver o verde da copa das árvores!

Uma sensação quase indescritível que vou falar a seguir.

viaduto-mula-preta-dois-lajeados-rio-grande-do-sul (13)

O Mula Preta é um dos viadutos que compõem a grandiosa Ferrovia do Trigo que corta cidades como: Guaporé, Dois Lajeados, Vespasiano Corrêa e Muçum. São 50km de trilhos, 21 viadutos, 24 túneis e 26 pontes. (Importante dizer que em todas as minhas pesquisas encontrei números diferentes das quantidades de viadutos, túneis e pontes, por isso estou usando os dados da fonte mais confiável).

A ferrovia do trigo foi construída durante os anos 60 e 70 pelo exército brasileiro. Inaugurada em 1978 pelo então presidente da república, Ernesto Beckmann Geisel.
A construção dessa estrada de ferro impactou muito a economia das cidades que fazem parte do trajeto. Nos últimos anos a ferrovia começou a ficar mais conhecida movimentando assim, o turismo da região.

Como visitar o Viaduto Mula Preta?

O Viaduto Mula Preta se localiza na cidade de Dois Lajeados no Rio Grande do Sul. As coordenadas do Google Maps estão certas, é só seguir que não tem erro. Saindo da RS 129, são 6km em estrada de chão, as condições da estrada estão ótimas (cheguei lá com um carro 1.0), você vai levar em média uns 20 minutos para chegar.

Nos minutos finais você vai conseguir avistar de longe o gigantesco viaduto. Ao chegar mais perto a localização do Google irá dizer que chegou, mas você pode continuar a estrada sempre em direção para a direita, será uma estradinha bem pequena por meio de uma floresta, mas pode seguir mais alguns metros e você chegará no túnel a direita com espaço para estacionar o carro e a esquerda o icônico Viaduto Mula Preta.

viaduto-mula-preta-dois-lajeados-rio-grande-do-sul (10)

Diferentemente do Viaduto 13 que possui uma estrutura no chão com os trilhos, brita e há os guarda corpo ao longo de toda sua extensão, o Viaduto Mula Preta não tem nada disso. Há apenas pequenas estruturas metálicas ao longo da sua extensão para que as pessoas fiquem no caso do trem passar. A quem diga que o trem não passa mais na região durante o dia, mas o Trem dos Vales, é um passeio feito de trem pelos trilhos da ferrovia, ele ocorre em datas específicas, é possível consultar aqui.

O sentimento de andar pelo viaduto completamente vazado e sem nenhuma proteção lateral é diferente para cada pessoa, pra mim, foi uma sensação completamente nova, pois até então eu não fazia ideia que eu tinha medo de altura, rs. Mas para o Will já foi completamente normal, andando normalmente por cima dos trilhos.

Uma coisa é certa, vale muito a pena conhecer, mesmo se você não se aventurar a andar pelo viaduto. Pois é possível contemplar ele em “terra firme”. É importante eu compartilhar com você que mesmo com o meu medo latente, eu não deixei de explorar, superando meus medos eu consegui curtir e muito o passeio no Mula Preta, este foi mais um dos inúmeros lugares incríveis que o Rio Grande do Sul guarda.

Conheça um pouco mais do Rio Grande do Sul nessa sessão do blog, e não deixe de ler o post sobre o Viaduto V13, o mais alto viaduto das Américas!

Nos vemos no próximo post.

Um beijo, Sthe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *