• comercial@oqueninguemteconta.com.br
  • Blumenau, Santa Catarina - Brasil
Santa Catarina
Descubra Pinheiro Preto: Capital Catarinense do Vinho

Descubra Pinheiro Preto: Capital Catarinense do Vinho

Pinheiro Preto é uma pequena cidade com pouco mais de 3.500 habitantes no meio oeste catarinense, e é nada mais nada menos do que a “Capital Catarinense do Vinho”.

Eu não fazia ideia! Até porque nunca tinha ouvido falar dessa cidade. A cultura italiana e do vinho é tão forte que (pasmem), cerca 65% do vinho produzido em Santa Catarina é de Pinheiro Preto!

Como muitas outras cidades da região, Pinheiro Preto também surgiu devido a construção da estrada de ferro que ligaria SP ao RS. Após a conclusão da obra, muitos trabalhadores decidiram se estabelecer ali, junto com imigrantes italianos. Se dedicaram a agricultura e a produção de frutas.

O que fazer em Pinheiro Preto?

Praça Municipal e Paróquia São Pedro

As ruas do centro são limpas, floridas e decoradas com itens que remetem a uva e vinho. O que me chamou muito a atenção é a praça municipal que fica no centro da cidade em frente à paróquia São Pedro. Muito bem cuidada! Me espantou como as cidades dessa região tem cuidado tão bem de suas praças, ruas e avenidas, confira abaixo umas fotos.

Painéis em Pinheiro Preto

Em um dos acessos da cidade, há uma obra de arte em painéis colocados em um muro de contenção. Ao todo são 9 painéis que retratam o povo, a cultura, os costumes e a cidade de Pinheiro Preto, feito pelo artista plástico Roberto Rafael Delani (conhecido como Nazo), natural da cidade. Para aqueles que estiverem passando pela cidade, não deixem de prestigiar essa galeria a céu aberto.

Túnel de Pinheiro Preto

O Túnel construído em 1909, é outro ponto turístico de Pinheiro Preto, de fácil acesso e com um local para você passar o dia, vale a pena conhecer.

Se você visitar a capital do vinho e não ir em uma vinícola, você está fazendo a coisa errada, rsrs.  Vou deixar como sugestão, duas vinícolas maravilhosas! A primeira é a Vinícola da Serra e o Milander – Parque do Imigrante Italiano e a outra é a Vinícola Farina que fica bem pertinho do famoso túnel. Já adiando que vale muito a pena conhecer as duas! Confere lá esses posts e me conta se consegui convencer você.

Um grande abraço, Sthe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *