• comercial@oqueninguemteconta.com.br
  • Blumenau, Santa Catarina - Brasil
Rio de Janeiro
A verdade sobre a CARRASQUEIRA e a Trilha da Pedra da Gávea

A verdade sobre a CARRASQUEIRA e a Trilha da Pedra da Gávea

Trilha da Pedra da Gávea, como chegar:

Você precisa ir até o Parque Nacional da Tijuca, que fica “dentro de um condomínio”, não estranhe. Cheguei até lá de uber, mas são poucos os que te deixam lá no portão de acesso, caso ele não deixe é só seguir pela estrada até o começo da trilha.

 

Trilha da Pedra da Gávea, informações gerais:

Não é cobrado taxa para acessar a trilha e pode fazer sem um guia. Além da trilha da Pedra da Gávea, há a trilha P4 e é por outro lado (não fiz essa), e tem também uma cachoeira bem no início.

Nível de dificuldade da trilha: Alto. O ganho de elevação dela é alto o pico é de 842m e irá ter um trecho, a famosa carrasqueira, que você precisará fazer uma escalada de primeiro grau.

Extensão: 3,8 km, é pouco, mas é bem puxado.

Tempo total de subida/descida/parada no topo: 6 horas e 22 minutos.

No final da trilha você precisará andar até a praça para chamar um uber, boa sorte, rsrs.

O parque abre às 08:00 da manhã.

Trilha da Pedra da Gávea, relato:

Na minha viagem ao Rio de Janeiro, tive como objetivo fazer a trilha da Pedra da Gávea. Quando comecei a pesquisar sobre, me dei de cara com todo mundo falando da CARRASQUEIRA, todos temiam essa parte da trilha e eu fiquei realmente assustada. Mas mesmo assim, decidi encarar essa trilha (sem guia).

No início da trilha apesar de ser uma pegada bem forte de subida é tranquila, você vai fazendo a trilha por dentro da floresta, então é fresco, e a trilha em si é bem limpa e demarcada. Depois de uma hora subindo você chega em um lugar que requer um pouco mais de esforço para “escalar” umas pedras e quando você acha que está chegando, se da de cara com a pedra do pico, a vista de lá já é incrível! Um pouco mais para frente, você da de cara com a carrasqueira.

Trilha da Pedra da Gávea, Carrasqueira:

Tenho um pouco de experiência em trilhas, mas a grande questão é que rola a pressão psicológica, acima do cansaço físico. Mas chegando ao topo, você começa a ter aquela vista espetacular do Rio e a vontade de chegar ao topo só aumenta! Eu já estava preparada para que “talvez” eu não conseguisse subir a Carrasqueira, deixo claro que é por causa da minha altura, afinal eu tenho 1,53 m. No início da Carrasqueira há uma placa com a frase “Risco de Morte”, então realmente gente, não é brincadeira. Na primeira “escalada” na Carrasqueira, minha perna não alcançou. Foi frustrante. Como havia a opção de fazer rapel, não quis insistir, o Will me ajudou a descer e subi de rapel de forma segura (pra mim). Subir a Carrasqueira, segundo o Will, foi “tranquilo”, mas em alguns momentos passou sufoco por ter que se dar impulso e não ter apoio, mas ele conseguiu. Só quem já esteve lá é que sabe o quão íngreme é essa parte… Passado a Carrasqueira você ainda sobe mais um tanto, neste ponto eu já estava em um estado de esgotamento. Depois de uns 15 minutos, CHEGUEI! E valeu cada segundo! Toda dor! Todo o sofrimento foi recompensado. Foi a coisa mais insana que eu já fiz com meu corpo e a sensação de ter conseguido, ter superar esse desafio, não tem preço! Meu objetivo do Rio estava cumprido! Voltei pra casa de alma lavada e muito, muito feliz. Faria tudo de novo!

É possível fazer a trilha da Pedra da Gávea sem guia? Sim.

trilha-pedra-da-gavea-carrasqueira

O valor do rappel: Paguei R$ 60,00 (subida/descida) valor de 2021. Há uma equipe que faz esse trabalho de rappel lá, mas não sei dizer se eles estão sempre lá, não possuem redes sociais.

Minha dica é: Se você não tem muita experiência com trilhas, contrate um guia, mas não deixe de fazer essa trilha quando estiver no Rio.

trilha-pedra-da-gavea-3

 

E você tem vontade de encarar a Carrasqueira?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *