Rio Grande do Sul
Visitando São Miguel das Missões RS e as Ruínas de São Miguel Arcanjo

Visitando São Miguel das Missões RS e as Ruínas de São Miguel Arcanjo

São Miguel das Missões, como visitar?

A cidade de São Miguel das Missões, fica a noroeste do estado do Rio Grande do Sul, está a 475km da capital Porto Alegre e a 240km da fronteira da Argentina.
As rodovias do RS daquela região são boas e possuem um fluxo ativo de caminhões, as paisagens de campos e mais campos de plantações são intermináveis, você passa horas com essa paisagem que na minha opinião, é de tirar o fôlego.

Você pode navegar até lá pelo Google Maps bem tranquilamente, então baixe o seu mapa offline (pois você passa horas sem internet) e garanta sua chegada até a cidade.

O nome da cidade foi em homenagem ao anjo Arcanjo Miguel. A economia se baseia principalmente na agricultura, pecuária e turismo. A cidade possui pouco mais de 7600 habitantes, e possui poucos atrativos, a maioria envolve as ruínas. O centro é calmo e com as ruas de pedras, o que te faz imaginar como as coisas poderiam ser naquela época, da a impressão que as ruas ao redor do sítio arqueológico. Uma sensação de que as coisas pararam no tempo.

História

Em 1983 a UNESCO declarou as Ruínas de São Miguel Arcanjo como um Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade. Antes de se tornar patrimônio, até 1938, o local ainda não tinha sido cuidado, então passou todo este tempo sem supervisão, sofrendo com o abandono.

ruinas-de-sao-miguel-das-missoes (39)

A redução São Miguel Arcanjo foi fundada em 1632 e foi uma das reduções mais importantes das missões jesuíticas. A construção da igreja começou a ser edificada no século XVIII, durante os anos de 1735 a 1745, a igreja foi erguida e ainda hoje, parte dela está em pé e mostra sua grandiosidade. O padre italiano João Batista Primolli projetou a igreja, mas ela nunca foi totalmente concluída, pois faltou a segunda torre. As reduções foram criadas pelos espanhóis para abrigar e catequizar os índios guaranis e toda a região do Rio da Prata. Os jesuítas tinham que combater os bandeirantes que vinham atrás dos índios para escraviza-los, assim os guaranis aceitavam viver nas reduções e serem catequisados para conseguir essa segurança. Portugal e Espanha assinaram o Tratado de Madri, que deu aos Espanhóis a Colonia del Sacramento no Uruguai e a região das sete missões ficou com Portugal, mas os Guaranis e os Jesuítas não aceitaram esse tratado. Então os portugueses iniciaram várias batalhas, destruindo os sete povos. Em 1756 a Batalha de Baiboaté foi marcada com a morte de 1500 guaranis, dizimando-os. Um episódio muito triste da nossa história.

Ao todo existiram 30 reduções jesuíticas, mas os povos das sete missões foram:

  1. 1682 São Francisco Borja
  2. 1687 São Nicolau
  3. 1687 São Luiz Gonzaga
  4. 1687 São Miguel Arcanjo
  5. 1690 São Lourenço Mártir
  6. 1697 São João Batista
  7. 1707 Santo Ângelo Custódio

O Sítio Arqueológico São Miguel Arcanjo, são as ruínas que persistiu os anos de um dos Sete Povos das Missões. São os vestígios de que por todo o mundo existiam as Missões Jesuíticas dos Guaranis.

ruinas-de-sao-miguel-das-missoes (62)

Cruz

O que diferencia a cruz de Jesus Cristo da Cruz Missioneira, é que essa possui um segundo braço pequeno, que significava a placa com INRI. Essa cruz, tem um próprio significado, é a origem do povo gaúcho, a mistura da cultura e evangelização. A cruz missioneira chegou aqui pelos Padres Jesuítas da Companhia de Jesus (grande maioria espanhóis). A cruz está espalhada por todo o Rio Grande do Sul, Paraguai e Argentina.

“Em mapa encontrado recentemente no Arquivo Geral do Vaticano, datado de 1691, e que contém a disposição e distância dos Povos Missioneiros, consta em cima de cada Redução, uma Cruz Missioneira, o que reafirma cada vez mais como o símbolo máximo dos 30 povos.” Segundo o Portal das Missões.

ruinas-de-sao-miguel-das-missoes (37)

Museu

O Museu Lúcio Costa fica dentro do sítio arqueológico e possui algumas esculturas e artefatos feitos pelos guaranis.

Informações:

O Sítio Arqueológico de São Miguel Arcanjo atende todos os dias (inclusive nos feriados), nos horários:

Segunda: 13:30 às 18:00 / Terça à Domingo: 9:00 às 12:00 – 14:00 às 18:00

Valor dos ingressos: R$ 14,00 adulto

Estudantes, crianças abaixo de 6 anos e melhor idade 60+: R$ 7,00

Telefones de contato: (55) 3381-1294 / WhatsApp: (55) 98403-9523

Para mais informações, acesso o site oficial.

ruinas-de-sao-miguel-das-missoes (58)

Espetáculo Som e Luz

Todos os dias a noite, há o espetáculo som e luz. O valor do ingresso adulto é R$ 25,00 e estudantes e 60+ pagam R$ 10,00. Os ingressos são vendidos no local, uma hora antes do espetáculo, entre em contato com o número acima e confirme os horários. O espetáculo dura cerca de uma hora e conta a história das Missões.

Fonte Missioneira

A Fonte Jesuíta Missioneira foi descoberta apenas em 1982, e está a apenas 1km das Ruínas de São Miguel Arcanjo. Essa era uma das fontes que abasteciam a redução na época. Da fonte brota água pura e cristalina.

Horário de Visitação da Fonte: 09:00 às 18:00 – Acesso Livre.

Hospedagem

Se você for passar a noite na cidade e busca uma hospedagem mais barata, conheça a Fazenda do Presente. Além de camping, também possui quartos, para saber mais, confira este post.

Santo Ângelo

Se quiser conhecer a igreja mais lindas das missões, você precisa visitar a cidade de Santo Ângelo.

 

Você já conhecia este lugar incrível que marcou parte da nossa história?

1 thought on “Visitando São Miguel das Missões RS e as Ruínas de São Miguel Arcanjo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *